Post de Interesse Público: Cosmética Contrafeita

by - 13:48

Olá Princesas!!
Estão boas? Espero que sim.

Para quem segue o blog diariamente, deve ter visto um post que fiz sobre uma paleta da "Too Faced" que não era original, mas sim uma réplica!

O post foi eliminado, pois a Andreia Silva, a Maria Inês e a Alexandra, chamaram-me à atenção para os perigos deste tipo de produto!


Sou novata neste mundo da maquilhagem. Há menos de um ano, é que comecei a interessar-me  por este mundo e portanto ainda sou um bocado naba nestes assuntos.

Há uns meses atrás uma seguidora do blog (com quem costumo trocar mails frequentemente), perguntou-me se eu conhecia os produtos da tal loja e se eram bons. Disse-lhe que não sabia! Que já tinha lido e visto muito boas reviews da loja pela net mas que nunca tinha experimentado nenhum.
Por isso entrei em contacto com o representante da loja para saber se os produtos que vendiam eram testados e estavam de acordo com as normas, ao que me responderam que sim!

Eu acreditei! Não via razão para que me mentissem. Mas pelos vistos estava enganada!

O representante disse que me enviaria um produto, para que eu mesma pudesse testar e comprovar que o produto era bom. Não vos vou mentir! A paleta é de facto boa. As cores são pigmentadas e eu gostei.Mas depois de ler os comentários da Andreia e da Alexandra, fiquei com a pulga atrás da orelha... Dizerem-nos que a nossa saúde está em perigo, deixa-nos sempre preocupadas!
Por isso fiz uma pesquisa profunda sobre este assunto!


Contrafacção, o que é?

Segundo a lei, é a reprodução não autorizada de um produto e constitui uma violação dos direitos de autor. Contrafacção, reproduz um produto sem consentimento do autor. O objectivo principal é normalmente o proveito económico.


Os produtos contrafeitos são legais?

Não! A contrafacção, no nosso país, é crime!
A contrafacção é uma violação dos direitos de autor e um problema (no caso de consumíveis) para a saúde pública, uma vez que na sua maioria não são testados nem obedecem às normas!


Os produtos contrafeitos são testados e  controlados?

Não! Pelo menos, não de acordo com as normas legais exigidas!
Uma marca, tem um controlo de qualidade muito apertado, sendo obrigada a testar todos os produtos e a manter os constituintes segundo os limites estabelecidos em normas. Isto porque as marcas estão abrangida pela lei e terão de ser responsáveis se algum utilizador final sair lesado!

Aqui está a grande diferença! Se ao comprarem um produto de marca real, ele vos prejudicar a saúde de alguma forma (alergias, inchaço,....) a marca terá de se responsabilizar pelos danos! Enquanto que um produto contrafeito, como não é legal, não terá de o fazer!


Perigos para a saúde!

Os produtos de maquilhagem contrafeitos, muitas vezes copiam tudo de uma marca, incluindo a parte do label da constituição. Outros, por seu turno, nem se dignam a colocá-lo!
Não fazemos ideia do que estamos a colocar no nosso rosto ou corpo. Ainda por cima em zonas tão sensíveis como a região dos olhos!

De facto, segundo a BBC e o Iris Examiner, em algumas apreensões feitas a maquilhagem falsificada, demonstraram que os níveis de metais pesados contidos nestes itens eram três vezes superiores ao permitido por lei!
Para quem não sabe (eu não fazia ideia) o Chumbo em excesso, ao ser absorvido pelo nosso organismo, pode causar intoxicção, danos cerebrais, danos cerebrais nos fetos (em caso de gestação), problemas de comportamento, cancro (obrigada Miminhos!) e até, em casos extremos, a morte!!!
O cádmio, é outro constituinte tóxico, muitas vezes encontrado neste cosméticos contrafeitos. Este tipo de maquilhagem tóxica é conhecida por causar reacções alérgicas graves, erupções cutâneas e queimaduras de pele!!


Onde são vendidos estes produtos?

Em sites de internet, facebook, e-bay.... Um pouco por toda a internet!
As feiras também são conhecidas por venderem estas réplicas! Embora, eu já tenha visto pequenas lojas físicas, que também vendiam estes produtos! A fiscalização não é grande coisa no nosso país!

O grande problema é que existem muitas lojas (principalmente online) que vendem réplicas como se fossem originais! E algumas dessas cópias são tão perfeitas, que para quem não conheça bem o produto é difícil de identificar o verdadeiro e o falso!

Então como fazer, para não comprar gato por lebre?

Bem, em primeiro lugar, vão pelo ditado: quando algo parece bom demais para ser verdade, é porque é! Anda por aí muita aldrabice, por isso, se virem Chanel a 10€, fujam! :)

E tentem comprar as marcas em lojas conceituadas, como a Sephora, Douglas, Perfumes e Companhia,... ou em lojas virtuais que já tenham um certo estatuto! Mas dêem sempre preferência a uma loja física onde podem "inspeccionar" bem o produto antes de o comprar!


A minha opinião!

Eu nunca mais me meto numa destas!
Foi a primeira e única vez que testei um produto contrafeito! A paleta foi direitinha para o lixo!!!!
Depois de saber o que aquilo pode fazer à minha saúde, as sombras até podiam ser feitas de ouro e serem holográficas! Nunca mais!!

Os consumidores muitas vezes não sabem, que estas cópias são um perigo tão grande para a saúde!

Será que vale mesmo a pena pormos a nossa saúde em perigo por meia dúzia de trocos? Claro que não!!

O meu conselho, não comprem réplicas!
Não comprem nomes! Comprem qualidade! Comprem segurança!

Marcas como a Catrice, Essence, Kiko, Nyx, Elf,... São baratas (tanto como uma réplica, ou ainda mais baratas) e são de qualidade! Não estraguem a vossa saúde com porcarias!


Fontes: 

http://www.vivaadonis.com/
http://chrisellesy.com
http://www.irishexaminer.com
http://bbc.co.uk
http://mantinhaderetalhos.blogspot.pt/2012/07/eu-digo-nao-ao-uso-de-cosmetica.html


Beijinhos e até ao próximo post!


You May Also Like

0 comments

Hi!
Thanks so much for your comment! It means a lot to me!
I will answer you as soon as I can.

xoxo, Marta.